Atenção dos alunos

Prenda a atenção dos alunos seguindo esses 5 passos

Nos dias de hoje, segurar a atenção dos alunos em sala de aula pode ser uma tarefa não tão simples. Pense só na seguinte situação: chegando final de semana, os alunos estão mais agitados ou mais cansados (dependendo se estão em período de provas), há pensamentos vagos ou conversas paralelas sobre qual vai ser o planejamento ou atividade do fim de semana.
Sendo professor, como lidar com essa situação de completa distração?

A competição por atenção de cada estudante é uma tarefa árdua que pode ser muito bem resolvida se estes seguintes passos forem aplicados em sala de aula, melhorando o desempenho dos alunos em instantes. Confira:

1- Procure saber os interesses dos alunos

Umas das coisas mais interessantes e que faz o aluno se sentir especial é demonstrar interesse e conhecimento por ele.
Além de melhorar o relacionamento interpessoal entre aluno e professor, o estudante retribui a atenção com foco e ótimo desempenho, estimulando a cada dia mais uma aprendizagem eficaz e mais motivadora.

2- Desvincule de aulas “super tradicionais”

Diferencial é a palavra-chave. Mostrar que, em sala de aula ser descontraído é algo positivo, além de prender ainda mais a atenção dos alunos contribui no incentivo para discussões de tema ou até mesmo levar ao engajamento de novos assuntos futuros que possam ser abordados.

3- Traga das aulas teóricas os exercícios de prática

O “fator X” do sucesso em sala de aula, sem dúvida, é quando uma aula totalmente teórica de slides ou escritas à mão na lousa se torna prática, ao vivo e em cores. Tudo muda quando os alunos participam e se interagem.

Veja a imagem abaixo sobre as taxas de aprendizagem conforme o tipo de atividade:

No ensino de tecnologia, por exemplo, fazer com que o aluno interaja, seja com uma bancada didática ou com o software, é um diferencial para o professor que busca captar o interesse da classe.

Exsto Bancadas Didáticas para o Ensino

4- Desenvolva líderes, crie metas!

Citando a famosa frase “conhecimento é poder”, o professor é o principal responsável por trazer sabedoria e principalmente, incentivo. É moldar alunos para um futuro no mercado de trabalho que, dentre eles, podem se tornar futuros líderes. Mas, para que isso possa ser desenvolvido em sala de aula, nada melhor que engajar os alunos a cumprirem metas para que se tornem cada vez mais eficazes, responsáveis e com pensamentos críticos. Estimulando, desta maneira, através da abordagem de conteúdo relevante, tornam as aulas mais claras e definidas.

5- Seja flexível e valorize isso!

Para a maioria dos professores e coordenadores, notas boas são importantes e se destacam em qualquer situação. Afinal, a percepção que isto traz é: o aluno é competente e o professor é um ótimo orientador. Mas, notas altas não quer dizer tudo. Procure valorizar o esforço do aluno em sala de aula, a atenção, a participação e o comprometimento que o estudante levou para si durante todo o ano letivo. Demonstrar flexibilização na hora da avaliação dos alunos se torna ainda mais um diferencial.

As dicas foram esclarecedoras para você?

Cadastre-se para receber a nossa newsletter:

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Exsto Bancadas Didáticas para o Ensino

exstotecnologia

A Exsto Tecnologia atua no mercado educacional, desenvolvendo kits didáticos para o ensino técnico e tecnológico, nas áreas de eletrônica, elétrica, automação, telecomunicações, energias renováveis e outros.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: